segunda-feira, 11 de abril de 2011

Vazio

Quando o vazio do meu peito domina meus pensamentos, modifica meu olhar e me faz transcender a realidade que me cerca, é que percebo que tudo que aprendi, que priorizei e defendi, não mais fazem sentido ao mundo.
Cresci ouvindo falar de amor. E amei... várias vezes, várias pessoas, vários momentos. Uma, duas, três vezes... E nesse momento de vazio, quando olho para tudo a minha volta, sinto que as pessoas têm medo de amar, que já não sabem, e algumas nem querem alimentar esse sentimento. Violência, ódio, raiva, brigas, mortes... E o amor? Por que jornais não falam de amor? Por que as pessoas não falam de amor? Por que se sentem ridículas quando amam?
Amizade! Está aí um vínculo afetivo que aprendi a valorizar. Para mim amigos são bem mais que pessoas especiais, são pessoas insubstituíveis, indispensáveis, presentes de Deus. Mas quando paro para analisar, vejo pessoas abandonando amigos por relacionamentos amorosos, por trabalho, por um carro novo... É tão estranho para mim... As pessoas tratam as outras como se fossem descartáveis, facilmente substituíveis. Entristece-me querer manter amigos, e ter que vê-los partir. Saudade!!!
São tantas verdades contestadas no dia-a-dia, que às vezes me sinto vivendo num mundo no qual não me encaixo. Tanta pobreza, tanta mentira, tanta falsidade, tanto jogo de interesse... E ninguém faz nada! Críticas ouço bastante, mas e atitudes? Não as vejo!
E aí fico eu, buscando formas para entender o vazio em meu peito, como se algo muito errado acontecesse comigo. Não nego meus erros, minhas dúvidas e anseios, mas o mundo só fortalece esse vazio que sinto. Quero paz, amor, amizade, carinho, atenção, sorrisos... Tudo simplesmente para fazer o bem, sem qualquer interesse. Mas é tão difícil querer o que a maioria parece ter esquecido, que me sinto vazio.
Mas não irei desistir, não abandonarei meus princípios, e passarei por todas as dores das decepções que tiver que viver... E a cada superação estarei mais forte, mais preparada, e com menos tempo para sentir o vazio. Aí sim defenderei sentimentos, e os doarei sem medo, sem desejar recebê-los de volta... Farei a minha parte, desejando que todas as pessoas desvendem o real motivo de estarem vivos. Que sejam essência!


Os desejo amor e paz!
E não têm medo do vazio!

sábado, 9 de abril de 2011

Àqueles Que Se Foram


Às vezes você acorda
Sentindo falta de alguém
Em segundos você recorda
Todas as lembranças que você tem

São amigos que se foram
Amor que já se perdeu
Todos aqueles que partiram
E você não os esqueceu


Alguns foram para bem longe
Outros perto ainda estão
Alguns por dúvida se escondem
Outros vão por obrigação

A saudade para quem fica
A dor que dá no coração
A ausência da pessoa querida
A lembrança em uma canção

Momentos que ficaram
De alguém que com você já não está
As vozes que se calaram
O sofrimento que não se deixa acabar

O mais discreto sorriso
A mais bela melodia
Agora estão contidos
Na tristeza e na agonia

Uma chamada ao telefone
Que hoje não toca mais
A visita de alguém de longe
Que o tempo não desfaz

Carta escrita à mão
Que com letra simples dizia:
Amiga, não chores não
Lembra de nós e sorria

Uma mensagem na madrugada
De alguém que proferia
Um pedido de ajuda
Que hoje silencia

Aquele que já foi meu
E hoje não sei onde está
Tudo que a gente viveu
Não me canso de relembrar

O abraço com carinho
O desejo de boa sorte
Levarei por todos os caminhos
Até o dia da minha morte

A todos que se foram
E que deixaram saudade
Vocês por minha vida passaram
E nela permanecerão pela eternidade.


Thaise Frigo

Aqui - Ana Carolina

terça-feira, 5 de abril de 2011

Amor Perfeito

Sinto falta de você que não está
Que não encontro em nenhum lugar
Que cuja ausência me faz chorar,
Suspirar...

Ausência do amor perfeito
Daquele que não sei quem é...

Em meus sonhos fico a te procurar
Teus olhos em meu olhar
Tua voz que me faz calar
E eu sem poder te tocar

Ausência do amor perfeito
Daquele que não sei quem é...

Queria poder te encontrar
Falar o que tem para falar
Enfim poder te amar
Sem medo de errar

Ausência do amor perfeito
Daquele que não sei quem é...

Mas o tempo irá revelar
O amor que para sempre irá durar
Quando o nosso caminho cruzar
E os teus lábios os meus encontrar

Presença do amor perfeito
Daquele que já sei quem é.


(Thaise Frigo)